segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Gurupá Realidade: Gurupá em foco POLITICO, A DECISÃO MONOCRÁTIA DA R...

Gurupá Realidade: Gurupá em foco POLITICO, A DECISÃO MONOCRÁTIA DA R...: Heron Coelho 21 de novembro de 2012 02:54 SENHORES E SENHORAS, MANTIDA A DECISÃO MONOCRÁTIA DA RELATORA MINISTRA LUCIANA LÓSSIO, NOG...

Gurupá em foco POLITICO, A DECISÃO MONOCRÁTIA DA RELATORA MINISTRA LUCIANA LÓSSIO, NOGUEIRA É PREFEITO ELEITO PAR ASSUMIR EM 01.01.2013

O povão vai pras ruas comemorar o novo prefeito de Gurupá 2013 é Nogueira.

Heron Coelho
21 de novembro de 2012 02:54
SENHORES E SENHORAS, MANTIDA A DECISÃO MONOCRÁTIA DA RELATORA MINISTRA LUCIANA LÓSSIO, NOGUEIRA É PREFEITO ELEITO PAR ASSUMIR EM 01.01.2013, EM RAZÃO DA ADVOGADA NÃO TER JUNTADO A PROCURAÇÃO OU O SUBSTABELECIMENTO NO PRAZO LEGAL, A DECISÃO MONOCRÁTICA PUBLICADA EM 09.10.2012 É DEFINITIVA. QUALQUER RECURSO NÃO PODE SER ADMITIDO.
fotos Orlando DIas

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Gurupá honrado por mais um prêmio por meio da educação.


Aluno fazendo a prova Gurupá.
   Gurupá representado por Profª Maria Jacirene Coelho Dias Secretária de Educação acompanhada dos técnicos de assessoria Messias e Francisco, receberam o Prêmio das mãos da Presidenta Dilma em Brasilia.

- Gurupá, PA: “Prova Gurupá”;
Mais uma vez, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) se torna referência nacional em ações que buscam e efetivam a constante melhoria na qualidade de ensino público com a conquista do Prêmio “Inovação de Gestão Educacional 2011”, promovido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais “Anísio Teixeira” (INEP) e vinculado ao ministério da Educação.

Em um trabalho conjunto entre vários setores da SEMED, a equipe da coordenadoria Setorial de Formação inscreveu a experiência vencedora “PROVINHA GURUPÁ”. O trabalho concorreu na modalidade que teve como tema Gestão de inovador. O resultado dos vencedores foi publicada no Diário Oficial da União e pode ser conferido pelo nk:http://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=31&data=05/07/2012 
SEC. DE EDUCAÇÃO PROFª JACIRENE IDEALIZADORA
Segundo a Secretária de Educação da SEMED, Profª Maria Jacirene Coelho Dias, a conquista significa o reconhecimento de um trabalho contínuo e efetivo. “Este prêmio mostra que estamos no caminho certo e que é possível operacionalizar estratégias de gestão pública que demandam tempo, investimento e pessoas capacitadas. Conseguimos inovar com um projeto aonde o desafio foi fazer um trabalho coletivo e integrado”, avaliou a secretária e seu corpo técnico,  que juntos reuniu informações e foi responsável pela inscrição da experiência no Prêmio.

 

A experiência reúne ações de três instâncias da secretaria de Educação que estão atreladas: currículo, avaliação e formação continuada, que com um trabalho integrado tem o objetivo de melhorar a educação do aluno nas unidades escolares.

Ao longo dos últimos anos, este trabalho foi realizado sempre integrando as áreas da, pensando na formação continuada com o objetivo de atualizar e aprimorar os conhecimentos dos profissionais de educação e como isso interfere no ensino dos alunos dentro das escolas.

Prêmio

O trabalho vencedor da SEMED foi um dos 20 classificados do Prêmio que foram divulgados no segundo semestre de 2011 de um total de 389 experiências que representam 22 estados e 237 municípios brasileiros.

Em novembro do ano passado, a SEMED recebeu a visita de avaliadores do INEP para verificar a dinâmica de implementação da experiência Gurupaense, para que fosse feito um relatório que foi analisado pela Comissão Julgadora do Prêmio.

O prêmio “Inovação de Gestão Educacional 2011”está em sua terceira edição e faz parte do “Laboratório de Experiências Inovadoras em Gestão”, que tem como objetivo valorizar as iniciativas desenvolvidas pelas secretarias municipais de educação que contribuem para a solução de problemas e desafios da educação básica, visando o alcance das metas estabelecidas no Plano Nacional de Educação.

O processo de seleção e premiação passou por quatro etapas: a primeira foi uma triagem realizada por técnicos do INEP, após isso, cada experiência foi pontuada no respectivo grupo temático, sendo selecionadas cinco de cada grupo e assim, 20 foram pré-classificadas, garantindo a participação de todas as regiões do país. As 20 experiências classificadas farão parte do “Banco de Experiências do Laboratório”, que visa a divulgação dos trabalhos das secretarias municipais de educação que contribuem com a implementação de políticas públicas educacionais que melhoram a qualidade da educação.

A solenidade de premiação foi em Brasília, em sessão pública, no dia de hoje 19 de novembro, horário e local a serem definidos e divulgados pelo Ministério da Educação.

A conquista do Prêmio “Inovação de Gestão Educacional 2011” reafirma a competência e o trabalho sério e eficaz da equipe da rede municipal de ensino de Campinas. A SME também foi vencedora recentemente, em março de 2010, do Prêmio de Desenvolvimento do Milênio Brasil (ODM) com o projeto Nave-Mãe. A rede municipal também é referência para o Ministério da Educação em vários projetos como por exemplo, na área de educação especial e programa Memória e Identidade Promoção da Igualdade na Diversidade (Mipid).
Além de se destacar com este honorado premio, o Município recebe os Parabéns por estar entre as 50 Melhores Secretarias Municipais de Educação ! 
na data prevista pro dia 07à 09 de dezembro receberá o premio "GESTOR NOTA 10"
Objetivo da empresa: Nosso compromisso é apresentar de forma dinâmica e participativa, palestras com temas atuais e direcionados servindo de ferramenta para auxiliar profissionais nas diversas áreas privadas, bem como da saúde pública, administrativa, educacional e social, a dinamizar suas idéias e projetos em suas extensões.

Sistemática dos Eventos: Os eventos são constituídos por palestras ministradas por pessoas renomadas ou especialistas na área tema do evento, além de que, como parte da programação, temos a rodada de ideias, onde os participantes podem expor projetos e soluções aplicadas em seus municípios, áreas, projetos, profissão, cargo, enfim, essa troca de informações resulta em benefício a todos os participantes que poderão encontrar soluções compatíveis as necessidades de atuação.
Software: Todos os congressos, meeting work e workshop organizados e administrados pela MS Brasil Congressos são acompanhados por seus funcionários, que atendem direitamente os clientes interessados em adquirir pacotes para participação dos mesmos, sendo possível realizar a inscrição dos participantes por email ou até mesmo no site da empresa.
Departamento de Marketing: Constituído por uma equipe treinada de profissionais que atuam no contato com empresas, bem como pessoas de direito público e privado, visando à venda de pacotes para participação nos eventos que patrocina, de diversos temas e áreas.
Modos de pesquisas: Após o congresso realizado pela empresa, como forma de confraternização entre os participantes, é realizado um jantar de encerramento e, por meio de critérios subjetivos, do resultado prévio de breve pesquisa feita nos meios de comunicação (imprensa, web sites, jornais, internet, blogs entre outros), fontes associadas com órgãos públicos, a MS Brasil Congressos presta uma homenagem àqueles profissionais que de alguma forma se destacaram na sua área de atuação. A pesquisa é realizada por meio de conclusões subjetivas retiradas de resultados públicos, divulgados por meio de internet, jornais, periódicos e afins.
Objetivo da homenagem simbólica: O propósito da homenagem realizada é de incentivar esses profissionais a continuarem ao compromisso assumido de realizar e cumprir deveres e servirem de exemplo a outros para que cada vez mais desempenhem sua missão com determinação, honestidade e perseverança.
fotos arquivos  
(Orlando Dias Produções fotograficas) 
From: comercial1@msbrasilcongressos.com.br
To: comercial1@msbrasilcongressos.com.br
Subject: Parabéns por estar entre as 50 Melhores Secretarias Municipais de Educação !
Date: Fri, 16 Nov 2012 17:40:00 -0200

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Gurupá em Foco festa do casamento da Secretária de Educação.


No dia 27 de outubro de 2012 na comunidade São Judas Tadeu no município de Gurupá realizou-se o casamento da Profª Maria Jacirene Secretária de Educação, com Jordano Moreno. (neto)


Um pensamento aos recém casados.

Busquei em rostos e sorrisos, 
Procurei em festas e florestas, 
Percorri caminhos e trilhas, 
E quando pensei que não mais encontraria 
A minha alma gêmea a minha felicidade, 
Eis que surgiu em minha frente o motivo de 
Minha busca; e como uma criança pura e 
Inocente me entreguei por completo a você, 
Que como um anjo celestial iluminou a minha.

Estrada renovando em mim um novo espírito, ensinando-me a difícil arte do amor; Juntos vivemos todas as emoções possíveis, Crescemos com nossos sentimentos, Compartilhando tristezas e alegrias. 

Não Somos apenas mais um casal, mas amigos, Amantes, cúmplices e namorados.




Autor: (Hélio Marques)
Enviado por: Jadiael
Imagem: (Orlando Dias)
 











quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Gurupá em FOCO, Uns dos Municípios contemplado com o polo UAB (Universidade aberta do Brasil), UFPA e UEPA.


Nós, brasileiros, somos um povo em ser, impedido de sê-lo. Um povo mestiço na carne e no espírito, já que aqui a mestiçagem jamais foi crime ou pecado. Nela fomos feitos e ainda continuamos nos fazendo. Essa massa de nativos viveu por séculos sem consciência de si... Assim foi até se definir como uma nova identidade étnico-nacional, a de brasileiros...
Nós, brasileiros, somos um povo em ser, impedido de sê-lo. Um povo mestiço na carne e no espírito, já que aqui a mestiçagem jamais foi crime ou pecado. Nela fomos feitos e ainda continuamos nos fazendo. Essa massa de nativos viveu por séculos sem consciência de si... Assim foi até se definir como uma nova identidade étnico-nacional, a de brasileiros...
( DARCY RIBEIRO )


Programa implementará educação do campo e atenderá 76 mil escolas


O novo programa busca assegurar oportunidades para a população do campo, afirmou Dilma Rousseff (Foto: Fabiana Carvalho)O Programa Nacional de Educação do Campo (Pronacampo), lançado na manhã desta terça-feira, 20, vai oferecer apoio técnico e financeiro aos estados, Distrito Federal e municípios para implementação da política de educação do campo. O lançamento, no Palácio do Planalto, teve a participação da presidenta da República, Dilma Rousseff, e do ministro da Educação, Aloizio Mercadante. 

Para a presidenta, o papel do Pronacampo é assegurar oportunidades para a população do campo. “Nós estamos apostando que uma nova geração vai se beneficiar de tudo que fazemos nesta, mudando a feição do campo brasileiro e garantindo que ele será um lugar digno e de qualidade para se morar e se criar os filhos”, afirmou Dilma.

De acordo com o ministro, o Brasil é um grande produtor de alimentos, mas tem uma dívida com as populações camponesas. “Nós temos, aproximadamente, 30 milhões de pessoas que vivem no campo, o Brasil é a segunda maior agricultura do mundo, produz 300 bilhões de dólares e exporta quase 95 bilhões de dólares, no entanto nós não temos uma política específica de educação para a população que vive no campo brasileiro”, disse Mercadante.

No Brasil existem 76 mil escolas rurais, com mais de 6,2 milhões de matrículas e 342 mil professores. O Pronacampo vai estabelecer um conjunto de ações articuladas que atenderá escolas do campo e quilombolas em quatro eixos: gestão e práticas pedagógicas, formação de professores, educação de jovens e adultos e educação profissional e tecnológica.

Entre as ações previstas no programa estão o fortalecimento da escola do campo e quilombola, que já em 2013 receberá material pedagógico adequado às especificidades da vida do campo. Por meio do programa Mais Educação, 10 mil escolas do campo passaram a oferecer educação integral.

Professores
 – Serão oferecidos cursos de licenciatura para formação de professores e cursos de aperfeiçoamento. Na área rural, 46,8% dos professores não tem licenciatura. Serão estabelecidos 200 polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB) para auxiliar na formação desses professores. 

O programa prevê a oferta de 180 mil vagas pelo Pronatec Campo (parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, Pronatec) para formação tecnológica de jovens e trabalhadores do campo, a construção de 3 mil novas escolas e investimentos em infraestrutura.

Durante a cerimônia, Dilma Rousseff assinou medida provisória que inclui as escolas dos Centros Familiares de Formação por Alternância (CEFFAS) no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Também foi encaminhado ao Legislativo projeto de lei que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), estabelecendo medidas referentes ao fechamento das escolas do campo e exigindo que sejam ouvidos os conselhos estaduais e municipais de educação.

Assessoria de Comunicação Social
Ouça discurso do ministro Aloizio Mercadante na cerimônia de lançamento do Pronacampo
Palavras-chave: educação básica, educação no campo, Pronatec, Pronacampo

domingo, 7 de outubro de 2012

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Gurupá em FESTA. pela primeira vez o Bar do Gerre faz o primeiro Luau no Sitio do Tioré.

O primeiro  Luau de 2012!
O Sítio do Tioré em Gurupá (Estrada do Pucuruí) realizado no ultimo sábado (15) .
Com uma paisagem privilegiada todos o Luau foi embalado COM OS DJs TOCANDO DE TUDO com, JD, J.JUNIOR, DJ TIN LAMARK DE MACAPÁ, DJ Raimundinho e DJ RONALDO RDG.















FOTOs, Orlando Dias
Gurupá Realidade e S&O Comunicações.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Mais Educação um projeto que ta dando certo em Gurupá. vejam algumas fotos do passeio realizado no balneário Itapereira no dia 01/09/2012.



Mais Educação


O Programa Mais Educação, criado pela Portaria Interministerial nº 17/2007, aumenta a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades optativas que foram agrupadas em macrocampos como acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica.

A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC), em parceria com a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) e com as Secretarias Estaduais e Municipais de Educação. Sua operacionalização é feita por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O programa visa fomentar atividades para melhorar o ambiente escolar, tendo como base estudos desenvolvidos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), utilizando os resultados da Prova Brasil de 2005. Nesses estudos destacou-se o uso do “Índice de Efeito Escola – IEE”, indicador do impacto que a escola pode ter na vida e no aprendizado do estudante, cruzando-se informações socioeconômicas do município no qual a escola está localizada.

Por esse motivo a área de atuação do programa foi demarcada inicialmente para atender, em caráter prioritário, as escolas que apresentam baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), situadas em capitais e regiões metropolitanas.

As atividades tiveram início em 2008, com a participação de 1.380 escolas, em 55 municípios, nos 27 estados para beneficiar 386 mil estudantes. Em 2009, houve a ampliação para 5 mil escolas, 126 municípios, de todos os estados e no Distrito Federal com o atendimento previsto a 1,5 milhão de estudantes, inscritos pelas redes de ensino, por meio de formulário eletrônico de captação de dados gerados pelo Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças do Ministério da Educação (SIMEC).  Em 2010, a meta é atender a 10 mil escolas nas capitais, regiões metropolitanas - definidas pelo IBGE - e cidades com mais de 163 mil  habitantes, para beneficiar três milhões de estudantes.

Para o desenvolvimento de cada atividade, o governo federal repassa recursos para ressarcimento de monitores, materiais de consumo e de apoio segundo as atividades. As escolas beneficiárias também recebem conjuntos de instrumentos musicais e rádio escolar, dentre outros; e referência de valores para equipamentos e materiais que podem ser adquiridos pela própria escola com os recursos repassados.

Educação integral/educação integrada em tempo integral: concepções e práticas na educação brasileira
fotos gurupa realidade.









quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Dia da Raça no Município, E.M.E.I.s de Gurupá comemora com diversos temas.


Dia da Raça Brasileira - 5 de setembro_ Gurupá 

A raça brasileira teve sua origem na miscigenação de índios, negros e brancos e, posteriormente, no entrelaçamento destes com todos os imigrantes alemães, italianos, japoneses, libaneses, holandeses, turcos, sírios, chineses, poloneses, coreanos etc. - que fincaram suas raízes, no solo brasileiro, enriquecendo-o em todos os sentidos.
 Forte de Santo Antônio de Gurupá localiza-se na ilha grande de Gurupá, na confluência do rio Xingú com o delta do rio Amazonas, sobre um rochedo em posição dominante daquele canal de navegação, no atual município de Gurupá, no estado do Pará, no Brasil.

Existiu sobre os escombros de um forte erigido por neerlandeses no primeiro decênio do século XVII (Forte de Tucujus) e conquistado em 1623por Bento Maciel Parente (SOUZA, 1885:66; Luiz Aranha de Vasconcelos, apoiado por tropas cedidas por Bento Maciel Parente, cf. REIS, 1966:43), que o reconstruiu em taipa de pilão, sob a invocação de Santo Antônio.
Sobre a sua fundação, CERQUEIRA E SILVA (1833), registrou, a respeito da cidade de Nossa Senhora de Belém, cabeça da "Feliz Lusitânia":
"Bento Maciel Parente, já então Capitão-mor do Pará (...) tendo fundado a fortaleza do Gurupá no lugar Mariocay que deixou guarnecida com cinquenta praças." (op. cit., p. 189-190). O seu primeiro comandante foi o capitão Jerónimo de Albuquerque. (OLIVEIRA, 1968:743)
Sofreu ataques em 1629 (por dois navios ingleses sob o comando de Roger North) e em 1639, quando, sob o comando do Capitão João Pereira Cáceres, afugentou forças neerlandesas que para ali retornavam (GARRIDO, 1940:23). Em 1647, um novo assalto neerlandês a esta posição foi tentado: uma expedição de oito navios adentrou a boca do rio Xingú e, entre o rio Pery e o rio Acaraí, erigiu o Forte de Mariocai. Foram batidos pelo Capitão-mor do Pará, Sebastião Lucena de Azevedo, que arrasou essa posição (SOUZA, 1885:66) (ver Fortim neerlandês do rio Maiacaré). Sobre esta última, OLIVEIRA (1968) refere: "Existe confusão em torno da expedição de Bandergus (Van Der Goes, segundo Varnhagen), que se teria apossado da Fortaleza de Gurupá, em 1646." (op. cit., p. 743)

 Em 1636, sob o comando do capitão Pereira de Cáceres, passaram pela fortificação os padres Domingos de Brieba e André de Toledo, em sua viagem desde Quito. (OLIVEIRA, 1968:743)
Permaneceu abandonada por meio século apesar do interesse dos governadores Artur de Sá e MenezesManuel Guedes Aranha e Gomes Freire de Andrade. (OLIVEIRA, 1968:743) Arruinado pela ação erosiva do tempo e da natureza, o Governador e Capitão-General do Pará, Antônio de Albuquerque Coelho de Carvalho, ordenou a reconstrução do Forte de Gurupá em 1690, trabalhos que se iniciaram no ano seguinte (1691), dando-lhe a forma poligonal. Data deste momento o desenvolvimento urbano de Gurupá. Para o século XVIII, GARRIDO (1940) cita informação do historiador Pedro Calmon, informando que a praça foi artilhada com peças de bronze para ela mandadas fundir em Gênova, em 1735, por D. João V (1705-1750) (op. cit., p. 23). Trabalhos de reconstrução se sucederam em 1742, com o Engenheiro genovês Domingos Sambucetti (SOUZA, 1885:66); em 1761, com o Capitão Engenheiro Gaspar João Geraldo de Gronfeld; e entre 17711774, com risco do Ajudante Antônio José Pinto, seu comandante à época (GARRIDO, 1940:24). Em 1774 D. Frei Caetano da Anunciação Brandão, dava notícia de que as obras ainda não se encontravam prontas. (OLIVEIRA, 1968:743) Neste período, a fortificação exercia a função de Registro, visitado, em 1784, pela expedição de Alexandre Rodrigues Ferreira (1783-1792), que sobre ela observou que se encontrava em boa posição, sobre um rochedo, dominando perfeitamente a boca do [rio] Xingú, sendo os navios obrigados a irem aí apresentar os seus passaportes (SOUZA, 1885:66).
 À época do Brasil Império, BAENA (1839) afirmava que esse Registro era meramente para servir de alguma coisa, e não por ser apropriado para esse fim, visto oferecer o [rio] Amazonas naquela paragem muitos trânsitos fora da sua vista; entretanto reconhece que "(...) essa fortaleza foi obrada com alguma luz de arquitetura militar." (BAENA, Antônio Ladislau Monteiro. Ensaio Chorographico do Pará. 1839. apud SOUZA, 1885:66)
A partir de 1853 não é mais mencionada como ponto fortificado pelo Relatórios do Ministério da Guerra. Em 1860 o então governador da Província do Pará, Dr. Antônio Coelho de Sá e Albuquerque dava notícia do seu estado de ruína, apesar de Gurupá ser ponto de parada obrigatória dos navios que subiam o rio Amazonas. (OLIVEIRA, 1968:743)
BARRETTO (1958) ilustra a referência a esta fortificação com uma foto de 1949, onde se observam as muralhas (de alvenaria de pedra) em bom estado de conservação, com uma edificação (Quartel da Tropa) sobre o terrapleno, e algumas peças de artilharia pelo lado do rio. O portão, pelo lado de terra, é acessado por uma pequena escadaria. O autor informa que, à época (1958), a estrutura encontrava-se guarnecida por um pequeno destacamento da 8ª Região Militar (op. cit., p. 42-44). O acesso é feito por um portão de ferro batido. Pelo lado do rio, existe um obelisco de construção posterior, onde, em uma das faces, uma placa de metal reza:

"1623 - 1647 / D'AQUI PARTIRAM / AS EXPEDIÇÕES QUE EXPULSARAM / OS HOLLANDESES E INGLEZES / DE MUTURÚ / NASSAU / TORREGO / MANDIUTUDA / TILLETILLE / CUMALI / E MARIOCARI / APÓS RUDES COMBATES / TERRESTRES E NAVAES"
Essas ruínas encontram-se tombadas pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional desde 1963, sob a jurisdição do Ministério da Defesa.
Atualmente pode ser visitado, encontrando-se o parapeito de seus muros ornado com duas das antigas peças de ferro, sobre pilares de concreto
 Ordenado em 1994 como parte do quarto lote de duas unidades da sua classe, foi construído no estaleiro Peenewerft GmBH em Wolgast, na Alemanha, o projeto é do estaleiro Vosper-QAF de Singapura.
Foi lançado ao mar em 11 de maio de 1995 e incorporado à Armada em 8 de dezembro de 1995.
Tem como missão a Inspeção Naval, a Patrulha Naval, a Salvaguarda da Vida Humana no Mar, e a Fiscalização das Águas Territoriais Brasileiras.

[editar]Origem do nome

É a segunda embarcação da Armada a receber este nome. O (P-46) o seu nome homenageia a cidade de mesmo nome do estado do Pará. A palavra gurupá é de origem indígena e significa porto de canoas.
A primeira embarcação com este nome foi o caça-submarino CS Gurupá (G-4), que atuou na Segunda Guerra Mundial.


Ideb e seus componentes: Gurupa

O Ideb é um índice resumido que deve ser detalhado para um perfeito entendimento sobre seu valor. Leve sempre em conta o crescimento, as metas atingidas e os componentes de fluxo e aprendizado





Ideb e seus componentes: fluxo e aprendizado

Ideb 2011
4.1 
= 
Fluxo
0.92de cada 100 alunos, 8 não foram aprovados
Aprendizado
4.43
nota padronizada de português e matemática Metas e crescimento
Acima da meta
28%
acima da meta de 3.2 em 2011
Cresceu o Ideb
37%
cresceu 1.1 pontos percentuais em 2011
Tabela
Para ver estes dados em tabela,clique aqui.
Evolução Ideb: GurupaFonte: Inep. Organizado por: portalideb.com.brGurupaMeta ProjetadaParáBrasil20052007200920112013201520172019202123451Valor IdebHighcharts.com











  1. MENSAGEM DE UM IDOSO

* Se meu andar é hesitante e minhas mãos trêmulas, ampare-me...

* Se minha audição não é boa e tenho de me esforçar para ouvir o que você está dizendo, procure entender-me...

* Se minha visão é imperfeita e o meu entendimento é escasso, ajude-me com paciência...

* Se minhas mãos tremem e derrubam comida na mesa ou no chão, por favor não se irrite, tentei fazer o melhor que pude...

* Se você me encontrar na rua, não faça de conta que não me viu, pare para conversar comigo, sinto-me tão só...

* Se você na sua sensibilidade me vê triste e só, simplesmente partilhe um sorriso e seja solidário...

* Se lhe contei pela terceira vez a mesma "história" num só dia, não me repreenda, simplesmente ouça-me...

* Se me comporto como criança, cerque-me de carinho...

* Se estou com medo da morte e tento negá-la, ajude-me na preparação para o adeus...

* Se estou doente e sou um peso em sua vida, não me abandone, um dia você terá a minha idade...

A única coisa que desejo neste meu final da jornada, é um pouco de respeito e de amor...

Um pouco...

Do muito que te dei um dia !